Céu limpo com poucas nuvens

Quinta | 19 Julho

25C

27

22

Descubra o País < voltar

Os Doces da Sónia

Papaia, azedinha, leite, calabaceira e tambarina são alguns dos ingredientes

13/02/2014 | Fonte: www.sapo.cv | Cristina Morais

Fotos

@SAPO | As variedades de doces da Sónia

Fotos

  • Conheça a história de Sónia Gabriela, uma doçeira que se dedica à produção de doces com sabor tipicamente crioulo.
  • Papaia, azedinha, goiaba, marmelo, leite, calabaceira, tambarina são alguns dos ingredientes que aguçam o paladar .
  • O doces embalados em vasilhas de plástico.
  • Papaia verde para fazer doce.
  • Doce de papaia no lume.

Conheça a história de Sónia Gabriela, uma doçeira que se dedica à produção de doces com sabor tipicamente crioulo.1 de 5

A tradição já estava na família e se inicialmente Sónia Gabriela começou por fazer doces para aumentar o orçamento familiar, hoje já é uma rotina que virou hobby.


Os sabores são ao gosto do freguês mas também conforme a época do ano, algumas frutas são sazonais. Papaia, azedinha, goiaba, marmelo, leite, calabaceira, tambarina são alguns dos ingredientes que aguçam o paladar dos clientes dos Doces da Sónia.


A avó da Sónia já fazia doces em Santo Antão, bem como a mãe, mas foi um percalço da vida que fez com que esta doceira se dedicasse à produção – o marido ficou no desemprego e Sónia quis aumentar o orçamento familiar. Assim começou há cerca de 10 anos.


Começou por vender em vasilhas de plástico, foi vendendo aos colegas do trabalho e nos minimercados da capital. Os compradores e apreciadores dos doces foram aumentando até que houve alturas em que tinha de reabastecer o stock dos locais onde vendia duas vezes num dia.


Hoje as vasilhas são de vidro fechadas em vácuo e com prazo de validade de um ano. Sónia agora ambiciona certificar os seus doces porque só assim poderá vende-los inclusive no estrangeiro.


Para tal criou com o apoio da ADEI, a Agência para o Desenvolvimento Empresarial e Inovação, um projecto. A ambição de Sónia é adaptar o rés-do-chão da sua casa num pequeno posto de produção, comprar equipamentos que lhe permitam modernizar e acelerar a produção, contratar à volta de 5 pessoas para trabalhar consigo, adquirir um quantidade considerável de vasilhas que lhe permitam dar resposta às demandas do mercado sem que haja ruptura e ainda apostar no marketing e promoção dos produtos.


“Não quero sair da linha de produção caseira, quero é modernizar o negócio para ter um produto que não seja só comercializado em Cabo Verde mas também lá fora”. Sónia já tem um nome para os seus doces: “Sabor das Ilhas”.


Há quatro anos Sónia luta por um financiamento do seu projecto. Diz que esta luta não tem sido fácil e que já bateu em várias portas. Continua a aguardar.


Este foi sempre um negócio de família. O marido de Sónia é uma grande ajuda, os filhos que actualmente estudam nos EUA também já deram uma mãozinha, a irmã que ajuda a comercializar, a empregada doméstica, um “djuntamon” colectivo.


“Compensou e de que maneira”, diz a doceira quando questionada sobre se o trabalho destes 10 anos compensou o esforço. Foi com o que juntou, pouco a pouco, com a venda dos doces que Sónia e o marido conseguiram sustentar os estudos dos filhos.


Hoje a filha diz que vai regressar a Cabo Verde para ajudar a mãe com este pequeno negócio, conta Sónia com um brilhozinho nos olhos. A doceira que actualmente trabalha noutra área sonha com a concretização do seu projecto, altura em que se poderá dedicar inteiramente à produção de doces.

Tipos de doces

Papaia (2 variedades); Leite (3 variedades); Azedinha; Goiaba; Marmelada; Calabaceira; Tambarina; Caju; Coco;

Aonde comprar

Lojas Calu e Ângela; Lojas Dia; Virgílio; Loja Lembrança d´Terra; Aeroporto Nelson Mandela;

Também à venda em São Vicente, Boa Vista e Sal.

Contactos

Contactos
Sónia Gabriela
Tlf: 262 72 20
Email: sodoce.cv@gmail.com

Comentários