Céu limpo com poucas nuvens

Terça | 23 Abril

28C

30

20

Descubra o País < voltar

“Ca Faroux Cristais de Sal”: Souvenirs para “temperar” a pele

O projeto surgiu em meados de 2014 na ilha do Sal

06/04/2016 | Fonte: www.sapo.cv | Aline Oliveira

Fotos

  • Segundo Ana Carvalho, antes do fabrico os cosméticos, o sal, os frutos e as ervas passam por um processo de desidratação.
  • Foto@cedida
  • Foto@cedida
  • vela
  • Segundo Ana Carvalho, antes do fabrico os cosméticos, o sal, os frutos e as ervas passam por um processo de desidratação.
  • A marca é especializada na produção de sais de banho, velas e sabonetes à base de sal, mas também com óleos, frutos secos e ervas.
  • Foto@cedida
  • A marca é especializada na produção de sais de banho, velas e sabonetes à base de sal, mas também com óleos, frutos secos e ervas.
  • A cabo-verdiana Ana Carvalho e a portuguesa Ana Rita Fontes são as mentoras da marca de cosméticos produzidos à base de sal retirado das salinas de Pedra de Lume, na ilha do Sal.
  • O projeto surgiu em meados de 2014.

Segundo Ana Carvalho, antes do fabrico os cosméticos, o sal, os frutos e as ervas passam por um processo de desidratação.1 de 10

A cabo-verdiana Ana Carvalho e a portuguesa Ana Rita Fontes são as mentoras da marca de cosméticos produzidos à base de sal retirado das salinas de Pedra de Lume, na ilha do Sal.

O projeto “Ca Faroux Cristais de Sal” surgiu em abril de 2014 quando Ana Rita Fontes veio em trabalho para a ilha do Sal, onde conheceu Ana Carvalho no Centro do Emprego e Formação Profissional da ilha.


“Ao visitar as salinas de Pedra de Lume e sendo uma empreendedora e conhecedora dos benefícios que o sal traz para a nossa pele, logo ela (Ana Rita Fontes) se interessou em criarmos uma empresa que produzisse produtos cosméticos à base de sal”, conta Ana Carvalho.


Em novembro do mesmo ano, as duas empreendedoras fizeram uma “homenagem” aos antigos funcionários das salinas de Pedra de Lume e seus descendentes ao abrirem a empresa “AnaRita Lda.” na localidade Ca Faroux, que dá nome a marca.


O projeto também tem uma vertente social, que envolve a população de Pedra de Lume, principalmente os jovens que estão no desemprego.


“Quando criamos a empresa demos formação a 10 jovens. Visto que ainda estamos no início contratamos apenas três, mas com o crescimento da empresa, pretendemos empregar mais pessoas”, afirma.


A marca é especializada na produção de sais de banho, velas e sabonetes à base de sal, mas também com óleos, frutos secos e ervas.


Segundo Ana Carvalho, antes do fabrico os cosméticos, o sal, os frutos e as ervas passam por um processo de desidratação.


“O nosso conceito é tornarmos a nossa pele mais saudável, protegida e renovada utilizando produtos de Cabo Verde. Queremos ‘temperar’ a pele”, salienta.


No que diz respeito aos preços, a mesma fonte adianta que são variados, desde os 100 a 700 escudos. ”O custo é consoante o produto e a quantidade”.


Os produtos da marca são comercializados apenas na ilha do Sal, mas as empreendedoras pretendem expandir a oferta para as ilhas de Santiago, São Vicente e Boa Vista, através de revendedores. “Queremos chegar ao exterior também”.


No ano passado, a marca esteve representada na FIC e este ano vai marcar presença no Atlantic Music Expo (AME) que arranca no próximo dia 11 no Plateau, Praia. “Neste momento, estamos a trabalhar para participar noutros eventos nacionais”.

Comentários