Céu limpo com poucas nuvens

Quinta | 29 Junho

29C

28

23

Descubra o País < voltar

Caminhar sem parar

Descubra os “Caminheiros sem Fronteiras” de Santiago

04/11/2012 | Fonte: © www.sapo.cv | Cristina Morais

Fotos

Fotos: Cristina Morais

Fotos

  • Caminheiros Sem Fronteiras - Foto de família
  • Partida
  • Partida
  • Partida
  • Partida
  • Partida
  • Na Serra
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Alongamento
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Vista da Serra Malagueta, ao fundo costa de Santiago
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Vista da Serra Malagueta, ao fundo costa de Santiago
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Vale envolvente do povoado de Gongon
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Vista sobre Gongon
  • Vista sobre Gongon
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Preparação de grogue
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Ribeira de Gongon
  • Rapazes vendem mangas maduras
  • Antigo trapiche
  • Agricultora planta inhame
  • Caminhada na Serra Malagueta com os Caminheiros sem Fronteiras
  • Hortelã
  • Hortelã
  • Hortelã
  • Chegada a Hortelã
  • Chegada a Hortelã
  • Chegada a Hortelã

Caminheiros Sem Fronteiras - Foto de família1 de 87

Reúnem-se no último domingo de cada mês. O propósito é no mínimo saudável. Caminhar. Muitos já conhecem os percursos, mas todos os meses surgem novas caras dispostas a caminhar por Santiago a dentro. Apenas os mais resistentes regressam novamente.

Os “Caminheiros sem Fronteiras” surgiram há 12 anos, corria o ano 2000, na cidade da Praia, em Santiago. Uma ideia que partiu de um grupo de 6 amigos, tendo como líder Célia Delgado, unidos pelo amor pela caminhada e aventura. A primeira foi para a Cidade Velha.

Desde então o grupo foi aumentando e hoje em dia, cada caminhada conta com uma média de 25 a 32 pessoas. Os trajectos variam, são trilhas já conhecidas pelos elementos mais antigos do grupo, outros foram percursos criados pelos Caminheiros, alguns deles quadros do Ministério de Agricultura, por ex. Em percursos desconhecidos são acompanhados de um guia local, mas ultimamente os guias são os próprios elementos do grupo.

Francisco Silva, actualmente o presidente dos Caminheiros, refere que a falta de pontualidade de alguns elementos é uma das dificuldades quando se realiza uma caminhada destas. “É importante sair cedo por causa do calor”, alerta. Depois há ainda aqueles que confirmam e que depois não aparecem. Em contrapartida em cada caminhada há caras novas.

Já andaram com os “Caminheiros” cidadãos de várias paragens: espanhóis, portugueses, brasileiros, italianos, franceses, americanos, tunisinos, senegaleses e até pessoas da Nicarágua. Contudo em termos de cidadãos nacionais, os representantes de Santo Antão estão em maioria.

As idades dos caminheiros variam dos 18 aos 64 anos. E no que diz à resistência para caminhadas, não é a idade mas a preparação física é que conta. Durante o percurso faz-se uma divisão em grupos, por conseguinte: os mais fortes e experientes vão à frente; os que ainda estão a apanhar o jeito vão no meio; e os caminheiros de primeira viagem vão à trás acompanhados por elementos mais antigos.

Já houve ocasiões em que se perderam e andaram 9 horas a andar. Percursos como o Monte Tchota até a cidade de Assomada e Trás-os-Montes até Baía Verde, no Tarrafal, foram dos mais difíceis.

Mas também não faltam histórias algo engraçadas. Os caminheiros já foram confundidos até com elementos da Polícia Judiciária e enganados pelos populares que lhes indicaram um trajceto errado. O grupo até teve de descer de uma montanha por uma corda. Noutras ocasiões confunde-os com políticas em campanha eleitoral com elementos de um ministério a fazer propaganda.

Mas as caminhadas não servem só para praticar exercício. No caminho surgem novas amizades, descobrem-se novas paisagens e praticam-se boas acções. Já fizeram recolha de material escolar para entregar a crianças. A recolha de bolsas de plástico e lixo foi outra das actividades levadas a cabo pelo grupo.

O preço médio por caminhada ronda os mil escudos. Estão incluídos o transporte e, por vezes, uma refeição no local de chegada.

Recentemente fizeram uma caminhada para fora da ilha de Santiago. O destino foi a ilha do Fogo e o majestoso Vulcão. Em Novembro, avisa-se uma possível caminhada na Boa Vista, idealizada por Célia Delgado que actualmente reside na ilha das dunas.

Francisco Silva acredita que o turismo de montanha tem potencial em Santiago. Contudo não existem ainda iniciativas organizadas nesse sentido. O grupo já foi contacto por um empresário português no sentido de turistas poderem os acompanhar numa das caminhadas. Até então não foi possível levar o plano adiante.

Percurso Serra Malagueta – Gongon – Hortelã

No passado dia 5 de Agosto, os “Caminheiros Sem Fronteiras” saíram da Praia para mais uma caminhada. O destino? Serra Malagueta. A partir do Parque Natural da localidade o grupo partiu em direcção a Gongon, um povoado perdido entre as montanhas e vales verdejantes e uma ribeira.

Chegando ao povoado o caminho divide-se em dois, um percurso é percorrido pela encosta e que corta a Ribeira Principal. Outro desce pela Ribeira de Gongon a dentro e passa pelas hortas. Ao longo do percurso é possível encontrar trapiches de produção de grogue. Não é aconselhável fazer este percurso em época de chuvas.

Já em Hortelã é possível encontrar um centro comunitário, um pequeno café e até produção de “pano-di-terra”.

Contactos

Morada
Ilha de Santiago

Contactos

Comentários