Céu limpo com poucas nuvens

Sexta | 20 Setembro

28C

30

20

Notícias < voltar

Cidade Velha assinala X aniversário de elevação a Património Mundial

Depois da classificação como Património, o fluxo de turismo aumentou.

26/06/2019 | Fonte: www.sapo.cv | SAPO c/ Inforpress

Cidade Velha, no município de Ribeira Grande de Santiago, comemora hoje, dia 26, os 10 anos de elevação a Património Mundial, com diversas atividades culturais, tendo o ponto alto das comemorações a recriação histórica.

Em 2009, a UNESCO, segundo um comunicado do Governo, reconheceu perante a humanidade que “a perda por degradação ou desaparecimento de quaisquer desses bens constitui um empobrecimento do património de todos os povos do mundo” com a inscrição de Cidade Velha na Lista do Património Mundial da Humanidade.

O processo de candidatura, que foi aprovado por unanimidade, a 26 de junho de 2009, foi liderado pelos técnicos do Instituto do Património Cultural Carlos Carvalho e Charles Akibodé.

Segundo informações disponibilizadas no site do IPC, o sítio histórico da Cidade Velha foi classificado como Património da Humanidade pelos critérios II, III e VI.

O critério II prende-se aos monumentos e vestígios ainda existentes na Cidade Velha enquanto testemunhos do seu papel nas trocas comerciais. Critério III, pela sua paisagem urbana, marítima e pitoresca que remetem aos mais de três séculos de escravidão dos seres humanos.

Já o critério VI, por ser o berço da primeira sociedade mestiça que se difunde pelo Atlântico através da gastronomia, farmacopeia, e outros saberes.

Depois da classificação como Património, o fluxo de turismo aumentou e, segundo o presidente do IPC, Jair Fernandes, Cidade Velha recebe anualmente quase 70 mil visitantes, sendo a grande maioria estrangeiros e que têm neste sítio o seu ex-libris nos monumentos de maior afluência.

“É o terceiro sítio mais visitado a nível nacional, superado apenas pelas Ilhas de Boa Vista e Sal, e o primeiro sítio a nível nacional, onde o turismo cultural tem maior expressão a nível do território”, informou.

Para assinalar os 10 anos, está prevista para hoje de manhã, um desfile da banda militar, seguido de cerimónia de hastear as bandeiras de Cabo Verde, do município da Ribeira Grande de Santiago e de Património da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Logo à noite, acontece o ato central que será presidido pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e contará ainda com discursos do presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago e de outras personalidades.

De seguida, dá-se o início às atividades culturais, com música, poesia, teatro e apresentação de um vídeo alusivo à comemoração do X aniversário da elevação de Cidade Velha a património Mundial da Unesco, e da segunda edição da “Viagem pela História”, que este ano recria a invasão do pirata francês Jacques Cassard à Ribeira Grande de Santiago, em 1712.

R

ecriação histórica que terá lugar no dia 30, no sítio histórico, e que está a ser preparada pelo ativista cultural Sabino Baessa.

Comentários