Céu limpo com poucas nuvens

Sexta | 20 Setembro

28C

30

20

Notícias < voltar

Número de hóspedes no país aumentou 6,8 % em 2018 comparado ao ano anterior

Os dados são divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

27/02/2019 | Fonte: www.sapo.cv | SAPO c/ Inforpress

O número de hóspedes em Cabo Verde em 2018, registou mais de 765 mil, correspondendo a um acréscimo de 6,8 por cento (%), face ao ano de 2017, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).


Segundo as estatísticas do turismo sobre a movimentação de hóspedes, em 2018, as dormidas cresceram 7,4%, tendo Reino Unido o principal país de proveniência de turistas.


“Os turistas do Reino Unido foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 8,3 noites”, explica o INE, informando que a ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas, representando cerca de 49,5% das entradas nos estabelecimentos hoteleiros.


No quarto trimestre de 2018, os estabelecimentos hoteleiros acolheram cerca de 212 mil hóspedes, mais 3,7% do que no período homólogo do ano anterior. Em termos absolutos, entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 7.532 turistas do que em igual período do ano transato.


Conforme o INE, as dormidas atingiram 1.318.769 no mesmo período, traduzindo-se numa variação positiva de 3,3%, em relação ao 4º trimestre de 2017. Em termos absolutos, houve um aumento de 145.221 dormidas.


O documento revela que a análise por tipo de estabelecimentos, os hotéis continuam sendo os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 86,9% do total das entradas.


Seguem-se as residenciais, as pensões e os aldeamentos turísticos, com cerca de 3,8%, 3,3% e 3,0%, respetivamente. Relativamente às dormidas, os hotéis representam 91,1%, os aldeamentos turísticos 3,2% e as residenciais 2,0%.


A ilha do Sal, continuou a ter maior acolhimento, com 49,5% do total das entradas, seguida da ilha da Boa Vista, com 26,9% e Santiago com 11,2%. Em relação às dormidas, a ordem é a mesma: Sal com 56,0%, Boa Vista com 33,9% e Santiago, com 4,5%.


A mesma fonte indicou que o principal mercado emissor de turistas, no ano 2018, continua sendo o Reino Unido com 22,7% do total das entradas, a seguir vêm Alemanha com 11,8%, França representando 10,1%, Países Baixos com 10,0% e Portugal responsável por 9,3%.


Relativamente às dormidas, o Reino Unido também permanece no primeiro lugar com 30,2% do total, seguido de Alemanha com 12,1%, Países Baixos com 11,2%, França e Portugal, com 8,1% e 7,4%, respetivamente.

Comentários