Muito nublado

Terça | 17 Julho

26C

29

23

Notícias < voltar

Porto Novo cobiçado por investidores holandeses em setor imobiliário e turístico

Investidores pretendem construir “um pequeno resort de beach voley”

01/07/2018 | Fonte: www.sapo.cv | SAPO c/Inforpress

Escudo Holding Adventure Food é uma sociedade holandesa que já manifestou às autoridades municipais a intenção de investir no sector imobiliário turístico no Porto Novo, Santo Antão, investimentos que podem concretizar-se, dentro de pouco tempo, neste município.

Uma representante desta empresa esteve, semana passada, no Porto Novo, onde se encontrou com o executivo camarário ao qual manifestou a vontade de construir neste concelho “um pequeno resort de beach voley”, segundo a edilidade portonovense.

“Trata-se de mais um investimento privado que vai nascer nos próximos tempos no concelho do Porto Novo que tem como objectivo criar empregos para os jovens”, confirmou a câmara do Porto Novo, através de uma nota.

Os projectos privados em carteira para Porto Novo, nos próximos anos, podem ultrapassar os três milhões e meio de contos, abarcando, sobretudo, os sectores do turismo, agricultura, pesca e energias renováveis.

Brine Engineering Solution, uma empresa britânica, anunciou um investimento de 23 milhões de euros (dois milhões e 500 mil contos) no Porto Novo na instalação, até 2019, de um parque solar de 2,5 mega watts e uma unidade de dessalinização de água para a produção de 3.500 metros cúbicos/dia para a promoção da agricultura industrial.

Segundo o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, as condições estão a ser criadas, neste momento, para a concretização desses investimentos.

A nível das pescas, o investidor norueguês Geir Eriksen confirmou a realização, de imediato, de projectos nas pescas (processamento do pescado para a exportação) à volta dos 70 mil contos, podendo investir, nos próximos dois anos, perto de milhão de contos no Porto Novo, neste sector.

Para Tarrafal de Monte Trigo, uma das principais zonas turísticas de Santo Antão, está previsto um pacote de investimentos privados no turismo, que pode rondar os 150 mil contos, com destaque para a criação de um centro de promoção de actividades ao ar livre (desportos náutico, trekking e outras).

Segundo o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, há “boas perspectivas” do seu município receber, nos próximos tempos, algumas unidades hoteleiras de média dimensão para servir o sector do turismo emergente em Santo Antão.

Oásis Atlântico está, igualmente, a ponderar a possibilidade de investir no sector turístico imobiliário no Porto Novo, a avaliar pelo desejo demonstrado durante a visita de uma delegação desse grupo económico português a Santo Antão, que serviu para se identificar oportunidades de investimentos.

O interesse dos empresários nacionais e estrangeiros em investir no Porto Novo resulta, segundo os responsáveis municipais, de “uma diplomacia bastante forte” exercida, nos últimos anos, junto do Governo e de investidores, com vista a trazer para Santo Antão actividades económicas e fixar os jovens na ilha.

Comentários