Céu limpo com poucas nuvens

Segunda | 19 Fevereiro

24C

24

19

Notícias < voltar

Porto Novo: Obras de construção do museu nacional das romarias continuam suspensas

A falta de verbas tem condicionado a conclusão das obras.

29/01/2018 | Fonte: www.sapo.cv | SAPO c/ Inforpress

As obras de construção do museu nacional das romarias no Porto Novo, Santo Antão, espaço que deveria ficar instalado até Dezembro de 2017, continuam suspensas para a preocupação dos agentes culturais ligados às festas de São João.

A falta de verbas tem condicionado a conclusão das obras que estão suspensas, há pelos menos dois anos, segundo uma  fonte da edilidade porto-novense, que espera agora nos primeiros meses de 2018 retomar o projecto, que deverá ficar pronto por ocasião das festas de São João, em Junho.

Os agentes culturais no Porto Novo têm-se mostrado preocupados com a demora na conclusão do museu que vai localizar-se nas antigas instalações da fábrica de pozolanas, na cidade do Porto Novo.

Para a conclusão do museu, a câmara do Porto Novo garante ter inscrito no seu orçamento  para este ano cerca de dois mil contos, devendo, por isso, os trabalhos serem retomados “dentro de pouco tempo”.

O Ministério da Cultura e Industrias Criativas, depois da classificação, em Novembro, das festas de São João como património imaterial nacional, havia prometido trabalhar com os responsáveis municiais para a montagem, em  Dezembro, do museu.

Tal não se verificou devido à demora no término das obras de construção do museu, mas é provável que essa infra-estrutura esteja a funcionar até Junho,   por altura das festas de São João.

Numa primeira fase, o museu nacional das romarias vai abarcar, somente, as festas de São João.

Até Junho, deverá ficar ainda requalificada toda a rota das festas de São João, num projecto orçado em três mil contos, que visa melhorar as principais paragens da peregrinação do santo padroeiro do concelho do Porto Novo.

A peregrinação de São João, que constitui o ponto alto destas festas de romaria, acontece no dia 23 de Junho e decorre ao longo da estrada Ribeira das Patas/Porto Novo, num percurso de mais de 20 quilómetros.

No âmbito do projecto, a câmara do Porto Novo vai proceder a obras de requalificação das zonas de Ponte Sul, Água Doce e ainda à reconstrução da “casinha” situada em Casa de Meio, actualmente em ruínas.

Para 2018, a autarquia tem previsto um investimento na cultura de 29 mil contos.




Comentários