Muito nublado

Quarta | 23 Maio

21C

26

20

Notícias < voltar

Santo Antão: Associação do turismo desta ilha efetivada em fevereiro

A ilha tem recebido, anualmente, cerca de 20 mil turistas.

22/01/2018 | Fonte: www.sapo.cv | SAPO c/ Inforpress

Os municípios de Santo Antão, a Câmara do Turismo de Cabo Verde e os operadores turísticos santantonenses estão a trabalhar na criação, já em fevereiro, de uma associação para dinamizar o setor turístico na “ilha das montanhas”.

A ideia de criação da associação do turismo de Santo Antão, que já existia há algum tempo, foi relançada em dezembro e pode ficar efetivada a partir da primeira semana de fevereiro, altura em que se prevê a realização da assembleia-geral constituinte dessa organização.

Foi criado um grupo de empresários dos três concelhos para a preparação de todo o processo de criação dessa associação, cuja ação incidirá, sobretudo, na defesa dos interesses dos operadores no ramo turístico, nesta ilha.

A iniciativa surge numa altura em que esta atividade está a crescer em Santo Antão, que, segundo o Governo, está na linha de frente em termos do incremento do turismo de natureza.

A época alta do turismo em Santo Antão, que decorre entre outubro e maio, e segundo os operadores está a decorrer “normalmente”, tem sido marcada com a visita de inúmeros grupos de turistas oriundos, sobretudo, do Norte da Europa.

Os operadores acreditam que, este ano, este número de turistas que chegam a Santo Antão poderá aumentar de forma significativa, em relação à temporada passada.

Santo Antão tem recebido, anualmente, cerca de 20 mil turistas, estando os operadores a perspetivar, já a partir deste ano, um crescimento significativo desta atividade de enorme potencial para esta ilha, a acreditar nos investimentos na fase de implementação e em carteira, que vão proporcionar a oferta de novos produtos.

O trekking (caminhadas em trilhos à procura de natureza) é, para já, o principal produto turístico da ilha, onde os operadores pretendem apostar ainda em outros componentes desta oferta, como cultura gastronómica, a observação de espécies, escalada e o canyoning na montanha, a observação de cetáceos.

Os operadores turísticos santantonenses propõem a elaboração da carta de turismo para esta ilha, com o objetivo de proteger e gerir, de forma sustentada, os recursos existentes.

A promoção de eventos ligados aos desportos de natureza e aquáticos, a formação profissional no domínio do turismo, a certificação dos produtos, como o grogue, são outras ações que, segundo os empresários, contribuem para alavancar este setor emergente.

Comentários